Entrevista: Autora Day Fernandes


Olá leitores!
Entrando no clima pré-Bienal, eu e outros parceiros da autora Day Fernandes decidimos compartilhar um pouco mais sobre ela. Para iniciar esse aquecimento especial, trouxe uma entrevista com a autora, para assim fazer com que surjam em vocês interesse sobre a mesma e suas respectivas obras e, claro, vontade em conhecê-la pessoalmente no evento. A Day, além de parceira, se tornou uma amiga querida, e por isso tenho muito orgulho de espalhar suas histórias por aí e fazer com que mais pessoas tenham contato.

Espero que vocês desfrutem da melhor maneira dessa entrevista e, a partir de hoje, "persigam" a autora em todas as redes sociais. O seu apoio para a literatura nacional é muito importante, então vamos dar mais valor as obras feitas em nosso país. Nosso autores merecem todo o nosso amor e carinho!

Dito isso, vamos a nossa entrevista?

1) Para mim e os leitores te conhecerem melhor, conte-me um pouco sobre você: hobbies, livros e autores preferidos, manias de escrita, etc. 
Oi, leitores desse blog cheio de amor! Eu sou a Day Fernandes, chocólatra assumida, mega fã de scifi e teorias da conspiração, também sou psicóloga e tenho 27 anos. Amo gatinhos, amo abraços, amo astronomia, amo literatura e tenho uma coleção de moedas! Entre meus autores preferidos posso citar o André Vianco (meu mestre Jedi), Carina Rissi, Babi A. Sette, Ray Tavares, Julia Quinn, Sarah J. Maas, King... São muitos! 

2) Com qual idade você começou a se interessar pela escrita e o que lhe motivou a começar a escrever a sua primeira história? 
Eu comecei a escrever profissionalmente em 2015, quando publiquei minha primeira obra no wattpad, mas a paixão pela literatura vem desde a infância. Só que chega um momento na vida de alguns leitores que a gente quer ler histórias que ainda não foram escritas! E foi isso que me motivou a começar meu primeiro livro “A Fortaleza: mundo sombrio”

3) O que mais lhe inspira para escrever? 
Eu sempre digo que inspiração está presente em tudo. Sou muito observadora, então pode ser uma pessoa, ou uma situação, uma música, um sonho, uma imagem. Até um simples gesto! Cabeça de escritor é como uma antena que tá sempre captando alguma coisa! 

4) Qual gênero você mais gosta de se aventurar na escrita e por quê? 
Aaah, meu preferidos com certeza são fantasia e scifi, empatados em primeiro lugar. Eles são aqueles gêneros que eu me sinto em casa, sabe? É muito gostoso de escrever, porque são tantas possibilidades a criar. Gosto dessa liberdade que esses gêneros me dão. 

5) Divida conosco um pouco sobre a história dos seus livros. 
Meu primeiro livro se chama A Fortaleza: mundo sombrio e é uma distopia que se passa no ano de 2070. Ela conta a história da Camille e seus amigos em sua jornada pra derrubar um poder tirano da Fortaleza em que eles vivem. Porém, depois de salvar a vida de um homem misterioso, Camille e seus amigos acabam entrando em segredos muito maiores do que imaginavam. A história é regada a muita ação e suspense, tem romance, mistérios e um final eletrizante! O volume 2 (e último) está previsto para lançamento no final de 2018. 

Já o meu livro mais recente se chama Uma ilha no Atlântico e é um romance fantástico onde vamos conhecer a história e as trapalhadas da Mariana Fragoso, que é uma arquiteta workaholic que não acredita no amor. Só que ela acaba indo parar em uma ilha do outro lado do Atlântico pra chefiar uma construção e é quando ela conhece o seu anfitrião que a vida dela vira de ponta-cabeça. É um romance leve e divertido que traz um toque de fantasia e fala sobre amizade, escolhas, sacrifícios, o poder do amor. 

6) Atualmente você tem alguma história em andamento? Se sim, poderia nos contar um pouco sobre? 
Tenho duas, na verdade! Estou concluindo o segundo volume de A Fortaleza e também um spin-off de Uma Ilha no Atlântico. No desfecho da duologia do Fortaleza, teremos personagens e cenários novos, além das grandes verdades que foram enterradas durante muito tempo. Nossos rebeldes vão enfrentar perigos e desafios maiores ainda e precisarão fazer grandes sacrifícios para alcançar a tão sonhada liberdade. 

Já no spin-off do Ilha, nós vamos conhecer mais da Bianca, protagonista da história. A Bia é uma mulher sonhadora e daquelas que adoram planejar tudo nos mínimos detalhes, mas a vida dela acaba entrando numa onda de azar atrás da outra e sem saber o que fazer pra escapar, ela vai acabar se metendo em algumas encrencas até descobrir se a maré de azar da sua vida é mesmo uma maldição ou apenas o destino lhe enviando um recado! 

7) Como a sua família reagiu quando soube que você queria seguir a carreira de escritor(a)? Teve alguma reação negativa ou desmotivadora? 
Sempre tem. Minha mãe e meu esposo são meus maiores incentivadores e fazem de tudo pra me ajudar. São meus alicerces, com certeza! 

8) Quais conselhos você divide com os novos escritores? Tanto no meio da escrita como também sobre publicação, criatividade, etc. 
Uma coisa que eu digo a todos que estão começando: tenha calma! Escreva o livro primeiro, deixe ele amadurecer. E também invista na profissionalização! 

9) Aproveitando que a Bienal em São Paulo já está perto, compartilhe conosco os dias, estandes e horários que você comparecerá! 
Eu estou muito ansiosa pra essa bienal, pois será minha primeira! Vou estar dia 10 às 15h e dia 11 às 17h no estande da editora Hope para sessão de autógrafos! E no dia 12 estarei na Arena Cultural ao lado do André Vianco, Felipe Castilho e Leonel Caldela na mesa de literatura fantástica, representando as mulheres! Vai ser épico! O evento acontece às 13h30. 

10) E para finalizar: nos indique um livro especial para você e nos conte um pouquinho da sua história com o mesmo. 
Essa é difícil, pois tem vários que amo! Mas um em especial mesmo é Alice no país das maravilhas. Sempre achei fantástica essa história porque não tinha príncipes encantados, é sempre a Alice quem salva a si mesma! Desde a infância ela é minha favorita, por ter me feito pensar sobre a questão do autoconhecimento, coragem, independência, e, claro, o empoderamento feminino!


Reprodução: Day Fernandes



Acompanhe a autora por aí:

Faça sua compra na Amazon através do nosso link (clique aqui) e ajude o blog a manter-se ativo. Sem taxas ou inclusão de valores, você estará nos ajudando a continuar trazendo conteúdo.
Me acompanhe nas redes sociais:

CONVERSATION

2 comentários via Blogger
comentários via Facebook

2 comentários:

  1. Genteee, como não amar esse blog mais maravilhoso??? Ameeei responder a entrevista e já espero todos vocês lá na Bienal pra gente se abraçar muitoooo!

    ResponderExcluir

Sponsor