27 de outubro de 2017

#MaratonaMacabra: "O Caso de Charles Dexter Ward" - H. P. Lovecraft


Reprodução: Google
O Caso de Charles Dexter Ward
Autor: H. P. Lovecraft
Minha avaliação:  (5/5)

O conto
Charles Dexter Ward acaba de fugir do hospital psiquiátrico em que estava internado. A fuga traz grande curiosidade e burburinhos no local, pois o único vestígio que o paciente deixou ao escapar foi a janela aberta em seu quarto, o que lhe causaria uma queda mortal. Sabe-se que antes de escapar, o paciente conversou com o dr. Willet, o médico confiável da família Ward, porém, não há indícios de para onde ele poderá ter ido.

Charles ao ser internado aparentava ter uma idade que não lhe era verdadeira, tinha uma voz rouca e chegou ao ápice de loucura. Desde pequeno tinha curiosidade em assuntos que abordassem o passado, as antiguidades eram a sua maior paixão e fruto de seus estudos. Gostava de explorar a paisagem que havia ao redor de sua morada em Providence, adorava descobrir novos lugares e analisar as construções (ou o que restou delas). 

Em uma de suas caminhadas e pesquisando mais a fundo sobre o assunto, Charles descobriu que seu tataravô Joseph Curwen fazia estudos sobre ocultismo e bruxaria, tendo causado grandes desastres na cidade e despertado nos vizinhos grande curiosidade, pois mesmo com o passar dos anos o homem não envelhecia nenhum dia. Interessado, o jovem decidiu seguir os passos de seu antepassado e continuar nas pesquisas que tanto lhe trouxe tragédia. O que mais intriga aqueles que estão ao seu redor é a semelhança entre Charles e Joseph, que aparentam ser a mesma pessoa em séculos diferentes.

O narrador, em 3º pessoa, alterna os fatos do presente com o passado, explorando tanto a vida e tragédia de Charles como também os fatos misteriosos que cercavam Joseph Curwen. Por isso, o conto não focará na possível procura do hospital por seu paciente, mas, explorará o caminho que Charles percorreu até ser internado e o que levou o personagem a ser declarado como louco.

A história é longa, tendo em média mais de 100 páginas, e por isso pode causar um certo cansaço, porém, cada página de leitura vale a pena. Lovecraft descreve os mínimos detalhes de cada cena, cada personagem e cada performance. Prende o leitor com o suspense e o deixa cada vez mais apreensivo, sem saber com o que os personagens estão lidando. Quando você pensa que já sabe qual será o desenrolar da história, o autor te entrega um baque de respostas a qual te deixarão ainda mais confuso. E o conto ainda tem a participação do livro Necronomicon, que é citado durante a história e muito famoso entre os fãs de terror.

Minha opinião
Que conto maravilhoso! Estava meio angustiada, pois pela quantidade de páginas imaginei que ficaria dias lendo (e fiquei) e como estou participando de uma maratona precisava de algo menor. Mas, a leitura valeu tão a pena que não estou preocupada com possíveis outras leituras que deixei para depois. Acredito que conheci a história de Charles Dexter Ward no momento certo.
É incrível a maneira que Lovecraft tem de impressionar os seus leitores, trazendo algo diferente a cada história. Fiquei de "boca aberta", pois as revelações que são entregues ao final não eram as que eu esperava. Durante a leitura tive algumas divagações e suspeitas, algumas teorias sobre o motivo real da loucura de Charles e sobre o sr. Curwen, porém, tudo que imaginei não chegou aos pés das informações que foram reveladas. Admito que o final foi uma grande surpresa para mim, um ponto que me deixou ainda mais animada e feliz com a leitura.
As leituras que estou fazendo na Maratona Macabra estão sendo grandes descobertas. Assim como nas outras duas, dessa vez eu também não sabia nada sobre a história. Já tinha escutado críticas positivas, afinal é um conto famoso do autor, porém, eu não sabia sobre o que se tratava e quando me deparei com ocultismo, bruxaria e invocação, me senti realizada com a escolha. Eu gosto bastante de temas que englobem esses assuntos, mas, para mim, é difícil encontrar livros que sabem desenvolver sobre ocultismo e que tenham rituais marcantes na narração. 
Deve ser exatamente por isso que gostei tanto da leitura, pois supriu todas as minhas expectativas e me mostrou o ponto chave do tema, me mostrou como eu gosto que seja explorado. Através desse contato com o Lovecraft estou descobrindo gostos literários que ainda não sabia sobre mim, e isso está sendo o ponto forte dessa experiência.
Talvez não seja o conto mais adequado para se iniciar no mundo lovecraftiano, já que tem tantas descrições e por se tratar de uma história longa, mas, caso você já tenha contato com a literatura do autor indico que encare O Caso de Charles Dexter Ward e não tenha medo de seu tamanho. H. P. Lovecraft instiga, amedronta e alucina. Duvido você finalizar a leitura e ainda ter toda a sua sanidade intacta. Se deixe enlouquecer um pouco. Vale a pena.

Essa resenha faz parte da Maratona Literária Macabra. 
Leia também as resenhas das outras meninas, que são de contos variados de terror: 
Eu Duarda 

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright 2017 - Todos os direitos reservados - Desenvolvido com
por Lory Design