22 de agosto de 2017

Resenha: "Morte: O Grande Momento da Vida" - Neil Gaiman, Chris Bachalo e Mark Buckingham



Reprodução: Biblioteca Pessoal
A personagem Morte é bastante conhecida pelo público de quadrinhos e fãs de Neil Gaiman, pois ela faz parte da história de Sandman, uma HQ de grande sucesso. Eu, mesmo sem ter nenhum contato antes, já gostava muito da personagem por causa do seu astral e estilo que são retratados de forma bastante diferentes de outras Mortes que podemos encontrar por aí. Acredito que várias pessoas também devem ter esse mesmo carinho pela personagem como eu, mesmo que o contato tenha sido mínimo.

Por causa dessa curiosidade, decidi me arriscar em alguma leitura que focasse em especial na personagem, até para conhecê-la antes mesmo de me aventurar nos encadernados de Sandman. Para quem quiser um arco maior da Morte, também há um encadernado somente dela. Porém, acabei por escolher essas três edições mensais, que por acaso podem ser encontradas dentro do tal encadernado que citei. Vamos falar da história?

Reprodução: Biblioteca Pessoal
O arco "O Grande Momento da Vida" vai falar justamente sobre isso: a vida. Através dessa história iremos conhecer a relação amorosa entre a cantora Foxglove e sua namorada Hazel. Como se conheceram, como lidam com a vida famosa da Fox (e a falta de Hazel nela) e por quais dificuldades o casal anda passando. Além das duas, o pequeno Alvie, filho de Hazel, também é um personagem de suma importância e que será a base para a aparição da Morte.

A história irá falar muito sobre amor, perda de entes queridos e as decisões que tomamos durante a vida. Cada decisão podendo mudar o rumo que nossas vidas levarão. Por mais que a Morte apareça com o intuito de "levar" algum personagem para o seu mundo, através do próprio ato de morte, os diálogos que a mesma tem com Hazel são, se me permitem dizer, em parte filosóficos, aquele tipo de diálogo que te fará pensar em algo mais profundo e sério.

Como é um arco curto, de apenas três edições finas, não quero me estender na história. Gostaria que o leitor se surpreendesse, assim como eu me surpreendi. Algumas decisões e atitudes da Foxglove podem até te tirar do sério em alguns momentos, mas no final você estará torcendo para que ela fique junto de Hazel e do pequenino Alvie. Este quadrinho é indicado para maiores de 18 anos, então deixo aqui o aviso.

Minha opinião
Como citei brevemente no começo do post, mesmo antes de ter o primeiro contato mais íntimo com a história da Morte, eu já nutria um sentimento positivo pela personagem, um carinho mesclado com uma certa curiosidade. Então, quando finalmente consegui adquirir alguns quadrinhos da personagem, logo fui correndo para conhecê-la melhor, e não me arrependi.
Não é uma história que vai contar sobre a origem da Morte ou que focará exclusivamente nela e com detalhes, porém já dá para saber como é o estilo da personagem e se te agradará ou não. Não sei se o ideal seria começar pelo arco de Sandman, com todos as personagens desse universo juntos, ou se é mais aconselhável encarar o arco solo, mas, admito que a minha experiência não foi em nenhum momento negativa por eu ter encarado a segunda opção, então, deixo-a como recomendação.
A história não é contada de forma complexa, acredito que até seja bem simples, mas essa característica não desmerece em nada o quadrinho, talvez seja isso que traga algo a mais para ele. E mesmo tendo essa característica de uma narração simples, os diálogos são filosóficos e muito bem pensados, encaixando-se perfeitamente com cada traço da arte. Admito que minha parte preferida foram esses diálogos, pois me trouxeram pensamentos mais profundos e ideias novas sobre a vida e a morte.
Eu recomendo esse quadrinho para todos aqueles que têm vontade de conhecer o universo de Sandman, mas ainda não se sentem prontos para um arco maior. Também recomendo para aqueles que gostariam de ingressar no mundo dos quadrinhos, mas não sabem por onde começar. E claro, recomendo para os fãs do Neil Gaiman e de histórias que vão além de super-heróis. Vamos arriscar?
Reprodução: Google

Morte: O Grande Momento da Vida #1
Colaboradores: Neil Gaiman, Chris Bachalo e Mark Buckingham
Editora: Vertigo
Ano: 1997
Minha classificação: ★★★ (3/5)



Morte: O Grande Momento da Vida #2
Colaboradores: Neil Gaiman, Chris Bachalo e Mark Buckingham
Editora: Vertigo
Ano: 1997
Minha classificação: ★★★ (3/5)
Reprodução: Google

Reprodução: Google


Morte: O Grande Momento da Vida #3
Colaboradores: Neil Gaiman, Chris Bachalo e Mark Buckingham
Editora: Vertigo
Ano: 1997
Minha classificação: ★★★★ (4/5)

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright 2017 - Todos os direitos reservados - Desenvolvido com
por Lory Design