28 de abril de 2017

#Clarice-se: Uma Galinha (ABRIL)

Reprodução: Google



Conto Uma Galinha
Autora: Clarice Lispector
Minha classificação:  (3/5)
O conto
Neste conto, iremos nos deparar com uma galinha que corre de seu dono para conseguir lutar pela própria vida. Falando assim pode até parecer uma história simples ou boba, porém passa longe disso. 

Em Uma Galinha nossa personagem principal é uma galinha que acabou de ser comprada por uma família e que servirá para compor o almoço de domingo nessa casa. Como se previsse o seu futuro, a galinha corre das mãos do dono e voa pelos tetos dos vizinhos, tudo isso para conseguir ganhar a sua liberdade de volta. Enquanto foge do homem, a galinha acaba por botar um ovo e se aconchegar em cima do futuro filhote, o que a princípio a livra da panela.

O conto é curto, tendo em torno de apenas 3 páginas. Embora a leitura acabe por ser rápida, o entendimento do conto não é fácil e muitas vezes pode causar confusão e descontentamento no leitor. Alguns podem falar que Clarice quis apenas contar a história cotidiana de uma galinha, porém, tratando-se de Clarice já sabemos que podemos encontrar muito mais nas entrelinhas. Acredito que é aí onde encontramos a magia da escrita da Clarice, todas as analogias e interpretações diferentes que cada um pode ter de uma mesma história. 

Minha opinião
Um conto fácil de se ler, mas difícil de ser interpretado. Durante a leitura não tive nenhuma dificuldade, e no começo pareceu uma história normal e até simples demais. Porém, de acordo com o progresso da leitura fui percebendo que havia muito mais naquela galinha do que apenas a vontade de fugir de seu dono.

Falando assim pode parecer loucura, mas eu vi muito da mulher na protagonista da história. Eu me vi naquela galinha. Ela não luta apenas para viver, mas para sobreviver nesse mundo. E quando ela bota o ovo, é como se o filho fizesse as pessoas ao seu redor vê-la de forma totalmente diferente, até mais respeitável, se assim posso dizer. Como se a partir daquele momento a vida dela valesse a pena ser preservada. Na minha interpretação, podemos comparar tranquilamente o papel da galinha nessa história com o papel da mulher em sociedade, o modo como é tratada, julgada e abatida.

Mesmo sendo um conto bem rápido de se ler, não indico para aqueles que querem ter o primeiro contato com a autora, acredito que deva ingressar em outro conto mais "simples" da mesma (não que algum seja). Esse conto pode ser encontrado no livro Clarice Lispector - Todos os Contos, da editora Rocco, e também está disponível lá no grupo do projeto Clarice-se, onde todo mês lemos e discutimos um conto da Clarice Lispector. Vem participar com a gente!

Mas, me diga: para você, o que a galinha desse conto significa?
Participe do grupo!

4 comentários:

  1. Sou tão apaixonada em Clarice Lispector, depois dessa sua resenha deu mais vontade ainda de conhecer mais sobre suas obras!
    Parabéns, adorei o post <3
    http://as365coresdouniverso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, obrigada! ♥
      Espero que você gosta das outras histórias dela, são apaixonantes!

      Excluir
  2. Clarice, Clarice como eu amo ❤️ Sua resenha a elevou tanto que nossa, não tenho nem palavras pra explicar! Esplêndido! ❤️ Parabéns

    www.resenhasumrabiscoeumcafe.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, obrigada!Eu também amo Clarice, acho ela uma mulher maravilhosa e cheia de conhecimento. Todo mês trago um pouco dela por aqui.

      Excluir

 
Copyright 2017 - Todos os direitos reservados - Desenvolvido com
por Lory Design