15 de abril de 2016

#12mesesdePoe: Conto Hop-Frog


Foto retirada do Google



Conto Hop-Frog
Autor: Edgar Allan Poe
Minha classificação: ★★★★ (4/5)

O conto
O rei era uma pessoa que adorava brincadeiras, e para ter sempre esse artifício em mãos ele possuía um "bobo". O "bobo" era aquele tipo de pessoa que ficava à sua disposição para fazer piadas e truques na hora que fosse mandado, muitas vezes até humilhação era servido de recurso para alegra-lo. O "bobo" do rei era chamado de Hop-Frog.
Hop-Frog além de divertir o rei, também o aconselhava na escolha de suas fantasias para bailes. Um dia, o rei indagou o que ele e seus companheiros deveriam vestir no próximo baile, queriam uma fantasia que deixassem todos de boca aberta, surpresos. Queriam fazer a diferença. Hop-Frog então aconselhou-o, dizendo o que vestir e como deveria agir para conseguir o seu objetivo, porém, um acontecimento surpreendeu a todos na noite do baile, e não foi apenas a sua fantasia.

Minha opinião
Mais uma resenha sobre a maldade humana e vingança.
Como eu disse em uma outra resenha, eu adoro histórias que envolvam vingança e esse conto irá falar justamente disso. É um conto pequeno, flui rápido e é de entendimento fácil. A leitura é agradável (na medida do possível, já que se trata de um assunto "pesado"), passa rápido e não é cheia de informações ou palavras difíceis. Vamos combinar que o Poe tem um grande histórico com palavras difíceis que não sabemos o significado, e convenhamos que é muito chato ficar parando toda hora para consultar o dicionário.
A história irá focar em Hop-Frog, no rei e em uma moça que também serve o rei. Veremos um pouco do que é a maldade humana e como ela pode ser perigosa na mão de alguém que deseja se vingar pela pessoa amada.
Não se tornou o meu conto preferido, mas com certeza foi um dos que mais gostei de ter lido. Por mais que você ache que já sabe como será o final, Poe ainda consegue lhe surpreender da maneira mais simples possível. Talvez seja por isso que ele é um autor tão famoso e que faz jus a sua fama como escritor de horror. 
Não li todos os contos que o Poe escreveu, mas como uma pessoa que ama terror, posso afirmar que ele é uma escolha imperdível para amantes desse gênero. E afirmo mais ainda que todos devem dar uma oportunidade às suas obras, pois vale muito a pena.
Para pessoas que querem começar a ler as obras de Edgar Allan Poe, mas não sabem por onde, eu indico esse conto para ser o primeiro. Alguns contos são cheios de palavras difíceis, mas esse não, e isso já é um lado muito positivo. Isso irá facilitar mais ainda a sua leitura. Para os demais, sejam fãs ou não, também indico a leitura. Conhecer um pouco mais sobre a maldade de um ser humano é sempre interessante (pelo menos no meu ponto de vista) e assustadora.
Arrisco a dizer que dos três contos que li até agora para o desafio #12mesesdePoe, esse foi o meu preferido.
Um beijo e até a próxima.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright 2017 - Todos os direitos reservados - Desenvolvido com
por Lory Design